O que são mulheres empreendedoras?

No mês de março comemoramos o Mês da Mulher! Período este que somos lembradas pelo o que somos, o que fazemos e pela luta diária que vivemos.

Eu, como mulher e empreendedora, não poderia deixar passar a oportunidade de apresentar as grandes mulheres empreendedoras que estão, hoje, começando a empreender.
Sandra Elisabeth
Primeira mulher sócia fundadora de uma aceleradora de startups no Brasil.

O início de um empreendimento é sempre muito difícil para qualquer pessoa e para nós mulheres se torna um pouco mais difícil. Isto porque, a mulher atua sempre em mais de um turno, já que se desdobra sendo mãe, dona de casa, esposa, namorada e fazendo mais alguma coisa!

Não estou de forma alguma menosprezando ou dizendo que os homens não fazem nada além “de trazer dinheiro para casa”, porém, me perdoem, mas nós mulheres fazemos tudo isto desde que o mundo é o mundo!
Voltando ao nosso ponto principal: o que são mulheres empreendedoras?

São mulheres que arriscam tudo para ter sucesso no que fazem! São trabalhadoras, muito trabalhadoras e estão dispostas a fazer muito pelo que acreditam.

Nesses mais de sete anos da Sýndreams diversas mulheres empreendedoras, participaram de nosso programa de pré-aceleração. A maioria delas a frente de seu próprio empreendimento, está desenvolvendo um novo produto e serviço, pensando o MVP e tentando mudar o Mundo!

Sim, mudar o Mundo! Independente da ideia ou do produto e serviço oferecido, cada inovação gera um impacto capaz de mudar o Mundo de alguém!

Cada uma delas têm histórias diferentes. Em 2018, a Carol da Startup Tico Tico no Fubá, já tem um negócio funcionando, veio até a Sýndreams para estruturar o empreendimento, buscando inovação para o que fazia. Assim como fizeram a Marla (Arquiteta), Priscila (Psicóloga), Bárbara (Engenheira) e Gianna (Educadora). Outras como a Elisa sócia da Bilila Baby, um e-commerce onde a futura mamãe pode encontrar muitas referências de objetos que gostaria de comprar e realizar a compra com poucos cliques, criaram ou avaliaram a possibilidade de novos negócios. Em Setembro/2018 isto era só um sonho! Hoje já é realidade! Aconteceu com a Bianca (Educadora), Ana Moore (Administradora), Tatiane (Engenheira), Valéria (Administradora) e Aline (HairStylist) e Maria (Química).

Já a Mêneti, nos procurou para realizar o sonho de ver mulheres que saíram do mercado de trabalho para cuidar dos filhos, retornar a este mais empoderadas e com empresas que respeitassem o momento materno de cada uma delas. E assim, nasceu a Plaana, uma plataforma online, que une mulheres que são muito boas no que fazem e que querem continuar dando atenção aos filhos à empresas que precisam de pessoas competentes e estão dispostas a serem flexíveis para ter a melhor equipe.

Depoimento por Mêneti Dissenha

A PLAANA nasceu de um desejo de parar de tentar se encaixar para ter um lugar no mercado de trabalho. Muito embora não exista um obstáculo absoluto, a mulher ao desejar desempenhar outros papéis para além do profissional se expõe a complexos e variados desafios na construção de seu modelo de trabalho. Esses desafios progressivamente as distanciam dos homens e, as afastam delas mesmas e do estilo de vida que gostariam de ter.
Conforme o tempo foi passando me vi abraçando novas responsabilidades, a angústia e a culpa por não ser o suficiente começou a pesar. E uma nova vontade surgiu: seguir investindo na minha carreira e desenvolvimento profissional, mas no meu ritmo e do meu jeito, fazendo o trabalho caber na minha vida e não o contrário.

A Sýndreams foi o lugar que acolheu a causa, entendeu meu sonho e desconforto e trabalhou comigo para transformar isso em algo concreto, com estrutura para se tornar um negócio. O respeito dos mentores com a essência do sonho e com a causa foi fundamental para o processo de mentoria, pois me senti motivada e orientada para seguir em um caminho confortável, perto do meu ideal, mas com mais segurança. 
Antes do processo de mentoria eram tantas incertezas e possíveis caminhos, que a ideia ficava presa ao papel. Hoje vejo a PLAANA como um negócio que tem uma rota para seguir, e que de fato está começando a desenvolver.

E por fim, a

Muitas outras empreendedoras já passaram por nós na Sýndreams! Cada uma com suas expectativas e esperanças!

Estas são exemplos de “mulheres anônimas” que estão empreendendo e portanto realizando seus sonhos e transformando o Mundo como o conhecemos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *