O que são mulheres empreendedoras?

No mês de março comemoramos o Mês da Mulher! Período este que somos lembradas pelo o que somos, o que fazemos e pela luta diária que vivemos.

Eu, como mulher e empreendedora, não poderia deixar passar a oportunidade de apresentar as grandes mulheres empreendedoras que estão, hoje, começando a empreender.
Sandra Elisabeth
Primeira mulher sócia fundadora de uma aceleradora de startups no Brasil.

Continue reading “O que são mulheres empreendedoras?”

Quanto custa captar recursos em uma startup?

Captar recursos é sempre uma tomada de decisão importante na empresa, seja ela uma startup ou uma grande empresa. Sabemos que existem várias possibilidades e fontes de recursos, desde as oferecidas por bancos até a possibilidade de lançar ações na bolsa de valores.

Mas qual a melhor opção? Captar recursos de terceiros ou de investidores?

Imagem de rawpixel

Continue reading “Quanto custa captar recursos em uma startup?”

Mais uma palestra realizada para falar sobre Investimento Anjo e Startups

Sandra Elisabeth realiza palestra na Feira da Empregabilidade na Faculdade Anhanguera de Santa Bárbara D’Oeste

No último dia 13 de maio aconteceu na Faculdade Anhanguera de Santa Bárbara D’Oeste a Feira da Empregabilidade. O objetivo deste evento é aproximar quem procura trabalho ou estágio de quem oferece vagas no mercado, além de proporcionar uma programação que auxilia no desenvolvimento da carreira e na ascensão profissional.

Palestra Anhanguera

Continue reading “Mais uma palestra realizada para falar sobre Investimento Anjo e Startups”

O MVP (produto mínimo viável) é um “produto medíocre?”

Atualmente os empreendedores tem tido muita dificuldade com os prazos estipulados para um aplicativo ou software ficar pronto e ser lançado.

Prazo

Independente do programador ser sócio da empresa, free lancer, terceirizado, contratado… ou qualquer outro modelo possível, desconheço casos em que o produto final (App ou Software) foi entregue na primeira data combinada.

Continue reading “O MVP (produto mínimo viável) é um “produto medíocre?””