O que esperar do livro Planejamento estratégico lean: lean startup no Brasil

Recentemente, lancei meu 2º livro, intitulado “Planejamento estratégico lean: lean startup no Brasil”, já disponível para compra na Amazon.

Abaixo, eu juntamente com o Prof. Calado, apresentamos um pouco mais sobre o conteúdo deste livro!!!!

Prof. Calado e Sandra Elisabeth

Continue reading “O que esperar do livro Planejamento estratégico lean: lean startup no Brasil”

Realização de workshop no Parque Tecnológico do Porto Digital – Recife

No dia 03 de fevereiro, eu Sandra Elisabeth e meu sócio Stéfano Carnevalli realizamos o workshop “Desenvolvendo empresas inovadoras de moda usando Lean Startup” no Parque Tecnológico do Porto Digital.

DSC06285
Sandra Elisabeth
DSC06307
Stéfano Carnevalli

 

 

 

 

 

 

 

Este workshop faz parte do IX Recife Summer School (RSS), um festival de eventos do Porto Digital nas áreas de empreendedorismo, inovação, tecnologia da informação, economia criativa e sustentabilidade, que começou em 31 de janeiro e vai até dia 24 de fevereiro.

Continue reading “Realização de workshop no Parque Tecnológico do Porto Digital – Recife”

Sandra Elisabeth participa da semana MTEmpreende – UNICAMP – FCA

No dia 06 de outubro eu Sandra Elisabeth participei do Ciclo de Networking do MTEmpreende promovido pelos alunos da Faculdade de Ciências Aplicadas da UNICAMP – FCA, localizada em Limeira.

O MTEmpreende tem a missão de fomentar o espírito empreendedor dos alunos da UNICAMP. Ao longo de uma semana os grupos participantes contaram com palestras e treinamentos sobre o tema a fim de desenvolverem um projeto de startup. Uma feira expositiva de todos os projetos desenvolvidos foi realizada, onde os grupos foram avaliados pelo público de alunos da faculdade, visitantes e também por uma banca de avaliação técnica.

img_20161006_211100928

Continue reading “Sandra Elisabeth participa da semana MTEmpreende – UNICAMP – FCA”

O que é uma Startup

StartupAlguns autores definem Startup como qualquer empresa em processo de iniciação do negócio. Outros discordam desta definição e afirmam que é necessário considerar como Startup desde uma empresa recém-formada até uma com 08 ou 10 anos.

Podemos também tratar Startups a partir de suas categorias: independentes, spin-offs e incubadas. Lembrando que Startups independentes são aquelas empresas que iniciam seus negócios por conta própria, “sozinhas”; Spin-offs é a união de duas ou mais Startups que atuando em atividades diferentes se unem para atenderem o mesmo mercado e as incubadas são as que iniciam seus negócios dentro de uma instituição sem fins lucrativos que tem como objetivo acompanhar e desenvolver a Startup.

Sintetizando este conceito, Eric Ries (A Startup Enxuta – 2012) defini Startup como sendo uma “instituição projetada para criar novos produtos e serviços sob condições de extrema incerteza”, dentro ou fora de uma grande empresa. Deste ponto de vista, qualquer novo projeto que seja inovador é uma Startup.

Isto muda a forma de planejar as estratégias da empresa, pois abre-se uma nova forma de se encarar os novos projetos e produtos que são desenvolvidos no mercado. Ou seja, a cada novo produto (inovador) que é desenvolvido, desenvolvemos uma nova Startup.

E o desafio desta Startup é descobrir a coisa certa a se criar; ou seja; o que os clientes querem e irão pagar para tê-lo; o mais rápido possível e sem desperdícios.

Resumidamente: Startup envolve o desenvolvimento de empresas, produtos ou serviços inovadores que sofrem com as incertezas do mercado; e que mesmo diante das dificuldades precisa criar o novo antes de seus concorrentes!