Os caminhos da Inovação no Brasil

Entre os dias 11 e 12 aconteceu em São Paulo o 8º Congresso Brasileiro de Inovação na Indústria.

 

O objetivo do Congresso foi:

  • Promover a cultura da inovação empresarial;
  • Discutir as oportunidades para o Brasil diante das tecnologias da indústria do futuro;
  • Disseminar experiências inovadoras;
  • Debater propostas de aprimoramento das políticas públicas de inovação;
  • Fortalecer o ecossistema de inovação no Brasil.

Realizado pela CNI – Confederação Nacional da Indústria e pelo SEBRAE – Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas o evento reuniu os gestores das principais empresas do país, além de palestrantes brasileiros e internacionais que debateram temas ligados à inovação.

Eu e meu sócio Stefano Carnevali na Sýndreams Aceleradora acompanhamos os dois dias de eventos.

Sandra Elisabeth

Para mim fica claro a necessidade da educação acadêmica acompanhar o ritmo da inovação e reforço a mensagem de José Claudio Terra (Albert Einsten) “quando afirma que ciência e inovação são muito distintas, a primeira não corre riscos e trabalha apenas com seus pares enquanto inovação envolve grandes riscos e há uma grande necessidade de se envolver com pessoas de áreas diferentes”, e que infelizmente ainda preparamos nossos alunos para serem cientistas ao invés de inovadores!

Stéfano Carnevalli

Já meu sócio, Stefano Carnevalli, frisa a importância de se desenvolver inovação dentro e fora das empresas, criando um grande ecossitema de inovação e de startups, investindo em educação digital e de inovação, já que independente do tamanho do empreendimento, todos precisam inovar, principalmente diante do fato apontado pelo Índice Global de Inovação (GII) de que o Brasil é o 10º país mais inovador da América Latina, perdendo para o Chile (1º colocado na América Latina), Costa Rica (2º colocado na América Latina) e México (3º colocado na América Latina). Reforçando que no mundo o Brasil é o 64º colocado e quem lidera o ranking é a Suiça.

 

Sandra Elisabeth e Stefano Carnevalli

“Sabemos que o trabalho é grande, mas acreditamos que haja muita oportunidade para ser explorada no Brasil e que as inovações surgirão cada vez com mais força em nosso ecossistema de startup e inovação” – é o que acreditamos estando a frente da Sýndreams Aceleradora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *