O que é um Investidor Anjo?

O Investidor Anjo não é um ser celestial, que surgirá de repente na sua Startup e irá colocar quanto dinheiro você quer no seu negócio, pagar seu salário e no fim das contas transformar você no empreendedor mais rico do mundo!

invanjo

Não é esse o “trabalho” do Investidor Anjo. Na verdade, um Investidor Anjo é, segundo a Anjos do Brasil uma “pessoa física que com capital próprio investe em empresas nascentes com alto potencial de crescimento”.

Eu grifei a palavra “investe” para deixar claro que o Investidor Anjo não doa dinheiro… ou seja, ele espera retorno do dinheiro que está colocando em seu negócio.

Assim como você pode investir na Poupança ou em Ações da Bolsa de Valores, o Investidor Anjo investe no seu negócio! A diferença básica aqui é que os investimentos feitos em Bolsas de Valores são sempre em dinheiro; já o Investidor Anjo investe nas Startups muito mais tempo e experiência (mentoria) do que dinheiro. E sim, uma Startup precisa muitas vezes mais de mentoria do que de dinheiro.

E quando um Investidor Anjo irá investir no meu negócio?

Antes, um ponto importante a ser frisado é que os Investidores Anjos dificilmente irão financiar o pró-labore dos sócios, afinal se ele (um terceiro) está investindo na sua ideia, porque você não investe também (o que você tem – no caso; tempo)?

Como todo investimento, você precisa dar garantias ao Investidor Anjo, garantias mínimas que o dinheiro que ele colocou na empresa irá retornar para ele – Investidor.
Estas “garantias” muitas vezes são:

  • Equipe: como é sua equipe, quem são os sócios, todos estão comprometidos com a ideia, sabem o que fazer?
  • Modelo de negócios: como você irá ganhar dinheiro com a sua ideia, que valores você oferece ao seus clientes?
  • Validação do produto mínimo viável: você já fez e validou seu MVP, como foram os resultados iniciais?
  • Previsão de retorno: na validação, qual foi sua margem de retorno, ela irá se manter, irá aumentar, irá diminuir?
  • Inovação: sua ideia é inovadora, alguém já desenvolveu algo similar, você é o primeiro?
  • Escalabilidade: seu negócio pode ser replicado facilmente e com alto grau de retorno?

Com estes pontos bem definidos você já tem conteúdo para apresentar um pitch à um Investidor Anjo.

Mas atenção, não saia procurando Investidores Anjos em todos os contos. Procure um que seja da sua área de atuação, que irá compreender seu negócio, sua ideia, que poderá te ajudar com networking, que conhece muito sobre o mercado; isto facilitará a compreensão do seu empreendimento.

E o mais importante: ouça com atenção o feedback que este Investidor Anjo está lhe dando! Não desacredite do seu sonho. Pivote sempre que necessário e siga em frente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *