Mensagens instantâneas e o Pensamento Lean

Para iniciar o artigo, vejamos quais são os oito principais desperdícios que o Pensamento Lean aponta:

Foto de Marco Secchi
  1. Superprodução: Evitar produzir aquilo que não está vendido
  2. Espera: A espera por peças, entrega, tempo ocioso, etc.
  3. Transporte desnecessário: Movimentar materiais de um lugar para outro
  4. Excesso de processamento: Evitar etapas redundantes no processo
  5. Estoque: Ter apenas o mínimo necessário para executar a atividade
  6. Desperdício de movimento: Eliminar todo movimento que não agrega valor ao produto ou serviço
  7. Defeitos/ retrabalho: Todo erro leva a um retrabalho
  8. Criatividade inaproveitada: Reuniões, plano de ação e não fazer a ação.

Quero chamar atenção para o desperdício 4. Excesso de processamento: evitar etapas redundantes no processo antes de iniciarem a leitura!

É comum as pessoas defenderem as ferramentas de mensagens instantâneas como algo positivo no ambiente de trabalho e principalmente como um meio de receber pedidos de clientes.

Mas como as empresas estão gerenciando estes pedidos de clientes?

Todo pedido recebido via mensagem instantânea é “reproduzido” no sistema da empresa, seja ele de papel (OS – Ordem de Serviço) ou um Software de ERP?

Foto de William Iven

E quantas vezes o cliente faz o pedido por voz e a empresa não entende? E precisa falar mais uma ou duas vezes com o cliente para compreender?

E a quantidade de informação que chega junta e ao mesmo tempo? Já esqueceu algum cliente neste meio?

O estudo do Lean afirma que etapas redundantes no processo, ou seja, recopiar o pedido do cliente para o software da empresa, p.e. é desperdício! Isto porque, somado o tempo gasto com esta atividade repetida quantas horas foram perdidas de trabalho?

Alguém já fez esta conta alguma vez?

Sei que muitos irão defender como sendo a forma que o cliente deseja conversar com a empresa hoje! Porém, com as tecnologias disponíveis já é possível este contato ser feito diretamente entre cliente e empresa sem a necessidade de se “recopiar”, ou seja, ter etapas redundantes no processo.

Minha sugestão: busque tecnologias e softwares que possam auxiliar na melhora da comunicação. Verifique API’s que conversem com os meios de comunicação e com o software da empresa.

Ser produtivo não tem relação com a quantidade de coisas que você faz simultaneamente e sim com a qualidade que é feito!

O Pensamento Lean reforça isto desde 1950. Fica a dica!

One thought on “Mensagens instantâneas e o Pensamento Lean

  1. augusto godoy Reply

    Ótimas dicas acompanhando seu blog muito interessante e preciso, sendo fundamental na compreensão em busca de melhorar não apenas os produtos e serviços mas também a mente do empreendedor para ter uma visão diferenciada e ampla agregando valores ao negocio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *