Você é mesmo um empreendedor?!

Semanalmente recebemos na Sýndreams Aceleradora de 10 a 15 solicitações para acelerar startups. Muitos negócios são efetivamente muito bons, iniciam o processo de aceleração e … param!

stop

Muitas destas “paradas” acontecem porque o empreendedor recebeu a proposta irrecusável de trabalhar registrado em uma grande empresa, com benefícios, plano de saúde, etc.

O que isso tem de errado? Nada! Cada um faz a sua escolha… Aquilo que mais lhe agrada e lhe faz feliz!

A pergunta correta seria: esta pessoa é empreendedora?

Não. Ela não é empreendedora, pois um empreendedor não tem medo de arriscar tudo o que tem em algo que ele acredita muito! O empreendedor não empreende porque precisa de dinheiro, ele empreende porque é visionário, sabe tomar decisões, faz a diferença, cria valor para a sociedade, consegue explorar as oportunidades ao máximo e são principalmente apaixonados pelo que fazem!

decisão

O que geralmente acontece é que estas pessoas, que iniciam uma startup e param por ter conseguido um bom emprego, são na verdade Intra-empreendedoras, ou seja, pessoas que trabalhando em empresas (que não são suas) se aventuram à realizar coisas difíceis ou fora do comum; são pessoas ativas e arrojadas!

O que geralmente impede um intra-empreendedor de empreender são:

• Medo do fracasso;

• Achar que precisa de muito capital para empreender;

• Falta de apoio de amigos e familiares;

• Necessidade de estabilidade;

• Meio em que está inserido;

• Não tem nenhuma ideia de negócio próprio ;

• E uma infinidade de motivos particulares.

Dentre todos estes problemas, o que mais me chama a atenção é a falta de apoio de amigos e familiares. Conheço muitos empreendedores que estão “presos” (é assim que um empreendedor se sente quando não faz o que quer) em trabalhos comuns, pois a família tem a necessidade de estabilidade.

E aqui vai um recado para as mulheres: geralmente esta necessidade de estabilidade é maior nossa e por isso ficamos impedindo nossos maridos de empreenderem. Cuidado! Já vi mais de 10 casamentos terminarem por isso!!!

Alvo

Enfim, não há um certo ou errado! É apenas necessário que você se conheça muito bem antes de começar a empreender. Pois se você for um intra-empreendedor com certeza será um ótimo funcionário e também será muito bem pago, pois as empresas estão buscando este perfil de profissional. Portanto, não gaste seu dinheiro em empreendimentos, busque sua recolocação. Invista em cursos e treinamentos que vão melhorar o seu currículo.

Agora, se você for mesmo um empreendedor. Não desista! Continue buscando seu sonho! Encontre aceleradoras que te apoiem, incubadoras que abracem seu projeto e siga em frente.

Tem dúvidas, se você é ou não um empreendedor? Minha dica é leia o livro Business Model You, desenhe o seu modelo de negócios e descubra o que é que mais te agrada fazer!

Vamos em frente! Sucesso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *