Evolução dos métodos de elaboração dos planos estratégicos e de negócios

O mundo evoluiu! Este é um fato. E evoluiu muito rápido…

Há pouco mais de 15 anos atrás, quando um professor pedia um trabalho escolar os alunos precisariam ir até a biblioteca da cidade para pesquisarem em livros e artigos, tirar várias cópias, ler muitas páginas e depois reescrever os textos; em alguns casos de forma manuscrita, já que computador era item de luxo!

evolução

Bom, hoje, esse mesmo professor chega na sala de aula e pede para os alunos lhe entregarem em pouco mais de 1 hora um trabalho. Os alunos abrem seus laptops ou smartphones, fazem as buscas, copiam e colam em um arquivo de texto e enviam o resultado para o e-mail do professor.

A relação entre as pessoas também tem mudado, aja vista o crescimento das redes sociais.

Porém a principal mudança foi na relação entre clientes e empresas. No passado não distante, o cliente precisava confiar na indicação de amigos e nas propagandas de TV antes de comprar alguma coisa. Hoje, em menos de 10 minutos conseguimos saber quantas reclamações os clientes fizeram para a empresa, se estas reclamações foram respondidas e mais: se os problemas foram resolvidos!

Além disso, o cliente não compra mais o que ele não quer e nem precisa! Ele sabe exatamente o que quer e se não encontrar em seu bairro, cidade, estado ou país, importa de outro país! É simples, fácil, não precisa conhecer alguém que vai viajar e pedir para trazer o produto!!!! Ou seja, a concorrência se tornou mundial.

Bom, com tanta mudança no comportamento do consumidor entende-se que também se tornou obrigatório uma mudança no planejamento das empresas para que se atentem à essas mudanças.

O método mais moderno, que engloba e “respeita” integralmente esta velocidade de mudança é o Modelo de Negócios Canvas. Isto porque este é um jeito rápido de enxergar os principais valores que o cliente busca e o quanto ele deseja pagar por isso! A partir daí, a empresa pode elaborar ações estratégicas que lhe auxiliem na resposta que seu público alvo espera sobre seu produto ou serviço.

É claro que existem inúmeras outras formas de se fazer um planejamento e o empreendedor deve escolher a que mais lhe convém. Mas nunca se esquecer de fazer tudo pensando a partir do ponto de vista do cliente!

Então, comece definindo quem é O SEU CLIENTE e o que ele REALMENTE PRECISA. Depois destrinche as ações que sua empresa precisa fazer para atender a este cliente. Não esqueça de olhar as oportunidades que você tem em seu mercado e as barreiras de entrada que seu produto gera.

Com isso em mente, você pode fazer o seu modelo de negócios, sem precisar seguir um padrão pré-estabelecido, ou ainda juntando vários modelos diferentes para criar o seu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *