O processo de marketing

É interessante o quanto alguns empreendedores se preocupam em ampliar a propaganda de seus produtos e serviços. Eles imaginam que a consequência lógica disto é o aumento das vendas, do faturamento e do lucro!

Digo “imaginam”, porque nem sempre aumentar os investimentos na comunicação do negócio trazem estes resultados. Pense no pior restaurante que você já visitou. Qual a probabilidade de almoçar nele novamente? Pouca, nenhuma… E se este mesmo restaurante passasse a fazer propaganda na TV em horário nobre, você passaria a almoçar nele de novo? Acredito que não!

Observe que em um curto espaço de tempo este restaurante poderá até receber um grande números de clientes, mas se ele não mudar o atendimento, a higiene, a qualidade, etc. estes ‘novos clientes’ também não voltarão mais!

Entendem o porquê a propaganda (pura e simples) não resolve a falta de clientes?

Nestes casos, o mais adequado é utilizar corretamente as estratégias de marketing (lembrem-se dos 4 P’s: produto, preço, promoção, praça) seguindo o passo a passo do processo de marketing, proposto por Kotler (2014):

 

  1. Entender o mercado e as necessidades e os desejos dos clientes

Qualquer semelhança com a formulação do Canvas não é mera coincidência! Saber quem é o seu cliente e o que ele compra ajuda a formatar a estratégia mais adequada e que irá atingir as metas e objetivos esperados.

  1. Elaborar uma estratégia de marketing orientada para o cliente

De nada adianta saber quem é o seu cliente se a estratégia desenhada não se encaixa com as necessidades e desejos dos clientes! Se seu cliente busca por qualidade, tenha um produto de qualidade (não apenas ‘diga’ que tem).

  1. Desenvolver um programa de marketing que proporcione valor superior

Significa que não adianta simplesmente copiar o que seu concorrente faz! É preciso ir além e atender com exatidão o que o cliente espera.

  1. Construir relacionamentos lucrativos e criar a satisfação do cliente

Parece lógico, mas nem sempre é! Oferecer produtos para teste ou gratuitos com o intuito de cobrar depois não é inteligente. O cliente se sente enganado. O melhor é desde o inicio estabelecer os critérios de precificação adequados para a empresa e cliente.

  1. Capturar valor dos clientes para criar lucros e valor do cliente

O processo de marketing é um ciclo contínuo. Toda a resposta que se tem deve-se usar para melhorar a estratégia e ampliar os resultados.

Nem é tão difícil assim!

Acho que o mais complicado tem sido convencer os empreendedores que marketing é muito mais que propaganda e envolve a empresa como um todo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *