Como montar um bom portfólio

Como todos devem saber portfólio é o conjunto de trabalhos realizados por uma pessoa ou a somatória dos produtos e serviços oferecidos por uma empresa.

Hoje falaremos sobre os produtos e serviços oferecidos por uma empresa.

Antes de começar a falar do produto propriamente dito, a empresa precisa segmentar seu mercado em áreas estratégicas, ou seja, escolher seu público-alvo e mercado principal de atuação.

Isso é importante, pois a partir desta informação a empresa saberá o que oferecer e para quem oferecer. Diminuindo o risco de desenvolver algo que as pessoas não queiram.

cliente1

Após esta “escolha” é importante medir o grau de atratividade deste mercado, respondendo principalmente se é um mercado em ascensão ou um mercado já obsoleto. Este é um ponto importante porque diz respeito ao cliente. Ele vai querer comprar seu produto ou serviço? Ou o que você está colocando no mercado já é considerado obsoleto por esse cliente?

Medindo o grau de atratividade (que pode ser alto, médio, regular ou baixo) é necessário agora compreender quais os valores seu cliente compra ao adquirir seu produto: prazo de entrega, status, relacionamento, atendimento… Esta informação é possível você conseguir elaborando seu Business Model Canvas.

Não esqueça que muitas vezes além de você outras empresas oferecem os mesmos benefícios ao cliente e sua responsabilidade é conhecer bem esses concorrentes e saber no que eles são melhores do que você! Com isso em mãos, é possível programar as ações corretivas necessárias para que seu produto ou serviço “vença” a concorrência.

E lembre-se:

Concorrente não é ameaça! O que VOCÊ faz pior do que ele é seu ponto fraco e o que VOCÊ faz de melhor é o seu ponto forte.

Não terceirize a “culpa”! Assuma-a e faça as mudanças necessárias!

Talvez sua empresa já tenha alguns produtos no mercado, meça em que momento do ciclo de vida eles estão. Não mantenha produtos que estejam entrando na linha do declínio, pois só lhe trarão custos.

Para saber em que momento da vida seu produto está, saiba que os produtos nascentes exigem mais investimentos e têm um retorno a longo prazo, os produtos em crescimento continuam exigindo um certo grau de investimento, porém conseguem oferecer retorno significativo, os já maduros geralmente não exigem nada de investimento e geram um grande retorno financeiro e os em declínio exigem grandes investimentos financeiros (principalmente em publicidade e propaganda) e não oferecem retorno significativo, tendendo a diminuir cada vez mais esse retorno.

Veja a ilustração abaixo que exemplifica o ciclo de vida do produto:

ciclo-de-vida-do-produto

Uma dica importante é: fique atento à sinergia de seu portfólio. Não crie produtos ou serviços que venham a gerar mais custos ou lhe exija uma certa “concorrência”, seja entre os produtos ou mesmo de canais de venda.

O melhor que se tem em um portfólio é quando produtos e serviços diferentes podem ‘dividir’ os mesmos custos fixos, pois diminuí o custo final dos produtos e melhora a competitividade da empresa.

E por fim, atente-se aos riscos de ter apenas um produto ou serviço em seu portfólio, pois é como colocar todos os ovos em uma única cesta. Se a cesta cair, todos os ovos podem se quebrar.

É claro que se você é uma startup irá começar com apenas um produto, porém assim que ele entrar na linha de crescimento inicie o desenvolvimento de algo novo, para que em pouco tempo você possa ter produtos maduros gerando caixa e exigindo pouco investimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *