Indicadores de resultados

Sei que já existem muitos artigos que discutem a importância do acompanhamento dos indicadores de resultados – os KPI’s; porém o que poucos discutem é como usar os indicadores que já existem nas empresas para medir se os objetivos e metas estão ou não sendo alcançados.

indicador-resultado-01

O indicador mais fiel de uma empresa é o financeiro. Os números não mentem!

Para analisar este indicador é preciso primeiro compreender que o fluxo de caixa, o orçamento, a DRE e o Balanço Patrimonial são indicadores dos resultados gerais da empresa e não só indicadores financeiros.

Isso significa que os resultados ali apresentados demonstram se a empresa está ou não atingindo seus objetivos.

Por exemplo, se o fluxo de caixa estiver com resultado negativo, ou seja, que a empresa gastou mais do que recebeu, será necessário observar ONDE gastou mais. Em que o gasto foi maior? Se o gasto foi maior com a compra de matéria prima, por exemplo, é preciso identificar o porquê? O fornecedor aumentou o preço? O setor de produção pediu mais matéria prima do que o necessário?

indicadores-resultados-02

As respostas destas perguntas ajudam o empreendedor a corrigir as rotas e voltar para o caminho que foi planejado!

Vejam, não criamos outros indicadores. Só usamos o que já temos em mãos sem colocar a “culpa” em um departamento ou pessoa antes de se perguntar “Porquê?”.

Costumo dizer que os relatórios financeiros apresentam os “sintomas dos problemas” da empresa. E assim como o médico investiga os sintomas de uma pessoa doente para descobrir que doença ela tem, o empreendedor precisa investigar a causa do sintoma demonstrado nos relatórios financeiros.

E nesta mesma analogia, lembre-se que febre alta pode ser sintoma de gripe, dengue, infecção de garganta, etc. Ou seja, um resultado negativo no fluxo de caixa pode ser “sintoma” e diversos problemas diferentes.

Para usar as informações financeiras como indicador de resultados de forma eficaz, basta, portanto, não procurar “os culpados por” e sim “as causas de”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *