Quando parar?

Tenho apresentado em meus artigos vários argumentos para que os empreendedores continuem empreendendo e buscando a realização de seus sonhos, entretanto sei que nem sempre é possível conseguir bons resultados, principalmente em um momento de crise econômica, política e social como a que vivemos agora.

Então, o que fazer? Continuar tentando ou parar e ir fazer outra coisa?

Como mentora e empreendedora minha resposta é continue tentando, porém identifique o seu momento de parar!

Cada um tem um “momento de parar” diferente, assim como existem pessoas com gostos musicais diferentes…

Vou tentar aqui deixar algumas reflexões para que você perceba se esse é o seu momento de parar ou de seguir em frente:

 

1. Você ainda tem vontade de levantar da cama de manhã e trabalhar no seu negócio?

2. O sucesso de seus amigos e familiares o fazem acreditar que você também vai chegar lá?

3. Existem outras pessoas que estão junto com você nesta empreitada (aceleradora, incubadora, mentor, investidor, sócio, etc)?

4. Se as coisas ficarem mais difíceis você tem uma poupança que vai te auxiliar a manter as contas em dia? (as suas contas e as da empresa); (manter as contas, não fazer luxo ou extravagância).

5. Seus clientes são fiéis, eles continuam comprando de você ou te indicam à amigos?

6. Seus parentes e amigos te apoiam e incentivam a continuar?

Se a resposta for sim para a maioria dos pontos acima você ainda deve continuar e seguir em frente. Mas se as negativas forem em maior número, comece a pensar em fazer outra coisa.

E fazer outra coisa não significa necessariamente arrumar um emprego de carteira assinada! Significa mudar de negócio, fazer coisas diferentes, recomeçar!

No que as pessoas erram? Geralmente esperam ficar sem nenhum dinheiro, sem nenhum apoio, sem nenhuma ajuda para mudar. Vejam, neste caso fica muito mais difícil recomeçar… porque aí você estaria recomeçando do -1 e não do zero.

Observe que no item 4 o questionamento é se as coisas piorarem você vai ter dinheiro? Se sua resposta for “já não tenho mais”… pare e vá fazer outra coisa, caso contrario você vai apenas se decepcionar.

Saber quando parar é tão importante como saber quando começar!

Avalie… Em que momento você está?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *