Marketing e desenvolvimento de produto

Vamos começar pelo básico: O que é Marketing?

Segundo Kotler e Keller (2006) o marketing envolve a identificação e a satisfação das necessidades humanas e sociais, sendo definido de uma maneira simplista pelo autor, como uma forma de suprir necessidades lucrativamente.

Eu concordo com Kotler, quando usa esta definição, afinal ele é conhecido como o “Pai do marketing”.

Mas porque será que ainda existem profissionais renomados que acham que Marketing é comercial de TV ou propaganda nos meios de comunicação?

Será que falta conhecimento? Falta pesquisa? Ou falta entendimento?

O fato é que o Marketing é um dos setores responsáveis pelo desenvolvimento de produtos nas empresas e o motivo é óbvio e está na definição do que é marketing: identificar e satisfazer as necessidades humanas e sociais.

Por identificar, segundo o dicionário, entende-se um verbo transitivo direto e pronominal que significa: “dizer quem é; determinar ou comprovar a identidade de (algo, alguém ou de si mesmo)”.

E satisfazer é um verbo transitivo indireto que significa “procurar a satisfação, a saciedade, a posse”.

Sabendo o que significa Marketing – dizer o que o cliente quer ter posse – fica claro que é este departamento que dirá ao desenvolvimento de produto o que deve ser produzido.

Observe que este é o primeiro passo no marketing; depois ele ainda vai dizer como deverá ser vendido, onde o público alvo está, qual será o preço de venda e como se comunicar com este público.

Por isso alguns cursos de engenharias têm a disciplina “Marketing e desenvolvimento de produto”, já que estes engenheiros precisam aprender:

  • O que ‘cobrar’ do departamento de marketing;
  • Quais informações precisam ter para desenvolver um produto novo;
  • A tendência de mercado;
  • O limite de custo do produto (para não custar mais do que o cliente está disposto a pagar);
  • Onde está o cliente para ajustar a logística; etc.

O que um engenheiro não precisa saber:

  • Como preparar um briefing de marketing;
  • Fazer um comercial de TV;
  • Criar um post de propaganda;
  • Lidar com as redes sociais;
  • E outras atividades ligadas ao P de Promoção.

Tudo isso é função do departamento de Marketing e digo mais, é função da agência de comunicação contratada por este departamento. Um publicitário leva de 4 a 5 anos para se formar e se especializar em fazer tudo isso!

Porém, o P de Produto deve ser de conhecimento e habilidade do engenheiro que desenvolverá este em parceria com o departamento de Marketing, já que este é quem domina a técnica de fabricação do bem material.

Em resumo, não dá para confundir os papéis de cada departamento, pois são interdependentes e interagentes entre si, ou seja, apesar de serem ‘ligados’ e depender um do outro, algumas ações e atividades serão feitas com independência.

Sandra Elisabeth palestra em congressos de Lean e Indústria 4.0

O mês de abril/2018 foi muito produtivo para os que acompanham as pesquisas sobre Indústria 4.0 e Lean.

Foram 3 eventos importantes que discutiram estes temas:

Eu fui uma das palestrantes destes eventos.

O tema geral apresentado por ela foi Lean Startup e Indústria 4.0.

Abaixo algumas fotos e comentários sobre eles:

IV Seminário em Ciência, Inovação e Tecnologia que aconteceu durante a Semana Interdisciplinar de Mecânica, Metalurgia e Eletroeletrônica na ETEC Trajano Camargo

Sandra Elisabeth fez um breve resumo da história industrial até chegar à Indústria 4.0

Continue reading “Sandra Elisabeth palestra em congressos de Lean e Indústria 4.0”